SOLICITAÇÕES
| 41 3595-8300

VENDAS PARA O DIA DOS NAMORADOS DEVEM CRESCER 2%, DIZ ACSP

  • 8-6-17

Associação cita queda dos juros e da inflação, além dos saques do FGTS, como fatores que devem impulsionar o consumo; resultado do mês, no entanto, ainda deve ser negativo.

 

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) projeta crescimento de até 2% nas vendas para o Dia dos Namorados. O número representa uma ligeira melhora em relação ao resultado do mesmo período do ano passado, entre os dias 1º e 12 de junho, quando a ACSP registrou queda de 1,9%. 

 

Entre os fatores que vão impulsionar as vendas, o economista da associação, Marcel Solimeo, cita a queda da taxa de juros e da inflação, além da liberação dos saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Segundo a ACSP, o tíquete médio do consumidor nessa época do ano é de R$ 150. Os presentes mais procurados são itens de vestuário - como roupas e sapatos -, flores e livros.    

 

Mesmo com a melhora nas vendas no período, junho ainda deve registrar queda de 1,5% em relação ao mesmo mês do ano passado. Segundo Solimeo, no entanto, o resultado negativo está desacelerando. Entre janeiro e maio deste ano, as vendas caíram 3,6%, contra queda de 13% no mesmo período de 2016. "O entusiasmo do consumidor para gastar está voltando aos poucos", diz o economista. 

 

Tributação. Demonstrar amor com presentes pode custar caro. Estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) encomendado pela ACSP diz que 80% do preço final de presentes tradicionais podem ser compostos por tributos. É o caso do perfume importado, cuja carga tributária responde por 78,99% do preço final.

 

Já no caso de champanhe, maquiagem e joias, os impostos compõem 54,49%, 51,41% e 50,44%, respectivamente, do preço final. Óculos de sol e porta-retrato apresentam carga tributária de 44,18% e de 43,47%. 

 

Fonte: Estadão

 

 


Ver mais

  • 13-12-2017
O QUE FAZER COM OS INCENTIVOS FISCAIS DE ICMS
  A conhecida guerra fiscal do ICMS oferecia duas questões a serem enfrentadas: a primeira, mais direta, dizia respeito à constitucionalidade dos incentivos concedidos de maneira unilateral pelos Estados. Isto é, sem cumprir os requisitos legais,...
  • 06-12-2017
IMPOSTÔMETRO REGISTRA R$ 2 TRILHÕES NESTA QUARTA-FEIRA (06), ÀS 11H10
MARCA FOI ALCANÇADA 23 DIAS ANTES EM COMPARAÇÃO COM O ANO PASSADO. O total de tributos pagos pelos brasileiros vai alcançar R$ 2 trilhões nesta quarta-feira (06/12), às 11h10, calcula o Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACS...
  • 21-11-2017
DISTRIBUIÇÃO DA CARGA TRIBUTÁRIA DEVE SER REVISTA, APONTA RELATÓRIO DA CAE
  Para superar a crise fiscal, o Brasil deverá repensar a distribuição da carga tributária. O alerta foi feito pelo senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) em relatório sobre o Sistema Tributário Nacional aprovado nesta terça-feira (21) pela Comis...
  • 12-09-2017
Duas primeiras semanas de setembro têm superávit de US$ 1,376 bilhão
  Nas duas primeiras semanas de setembro, que tiveram cinco dias úteis, a balança comercial brasileira alcançou um superávit de US$ 1,376 bilhão -  resultado de exportações no valor de US$ 4,560 bilhões e importações de US$ 3,184 bilhões...