SOLICITAÇÕES
| 41 3595-8300

FARMÁCIA POPULAR: DISPENSAÇÕES EM MAIO/2017

 

No IBPT Pharma, tenho desenvolvido pesquisas de monitoramento de mercado, especialmente para o setor de medicamentos. Mais recentemente finalizamos uma detalhada abordagem na captura e tratamento de dados que apresentam um grande fluxo de medicamentos do Programa Farmácia Popular / Saúde não Tem Preço.

 

Este programa fornece medicamentos gratuitos para os pacientes. O paciente vai até a farmácia com a receita e um documento e retira o medicamento. A farmácia registra, o Ministério da Saúde (DAF/SCTIE) repassa o valor da dose para a farmácia.

 

Nas coletas e tratamentos de dados, há um volume significativo de operações de dispensação de medicamentos para tratamento das seguintes patologias: Asma, Diabetes, Dislipidemia, Parkinson, Glaucoma, Hipertensão, Osteoporose e Rinite. Porém, quando olho para a quantidade de medicamentos dispensados no tratamento de hipertensão, diabetes e asma, os números são muito representativos.

 

Em Maio/2017, as farmácias que integram o programa fizeram as seguintes dispensações para tais patologias: Hipertensão (599.098.981 de comprimidos), Diabetes (262.0323.662 de comprimidos) e Asma (194.864.550 de comprimidos). A maior concentração de pacientes está na região sudeste, com 50,16% das dispensações para tratamento da hipertensão, 53,24% da diabetes e 51,04% da asma.

 

A pesquisa realizada permite ainda identificar, com ampla granularidade da informação, a descrição do medicamento, participação da Indústria e Laboratórios no programa e o ranking das principais farmácias que dispensam os medicamentos. A riqueza de detalhes é relevante e, para um segundo momento, pretendo correlacionar a redução do gasto público (SUS) no tratamento das patologias medicadas por conta da capilaridade do programa Farmácia Popular/Saúde não Tem Preço. Sugestões serão bem-vindas! 

 

Autor: CRISTIANO LISBOA YAZBEK

Inscrito na OAB/PR sob o nº 40.443 e OAB/SP nº 341.684;

Mestre em Direito Econômico e Socioambiental pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR);

Especialista em Legislação e Planejamento Tributário pela Universidade Positivo;

Bacharel em direito pela Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI);

Diretor do IBPT - Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação. Autor de artigos, pareceres e estudos jurídicos;

Sócio da Amaral, Yazbek Advogados.

Leia também

  • 13-12-2018
Você sabe o que é a Lei Geral de Proteção de Dados?
  Já falamos aqui no blog da Amaral Yazbek sobre como a utilização de dados são extremamente relevantes nas estratégias empresariais, como você pode lembrar aqui – quando abordamos o uso estratégico de novas tecnologias para o planejamento ...
  • 12-12-2018
RETROSPECTO TRIBUTÁRIO AY
  03/12/2018 a 07/12/2018   Receita exigirá comprovação de origem de recursos da repatriação Brasileiros que mantinham dinheiro não declarado no exterior e, há pouco mais de dois anos, aderiram ao Regime Especial de Regularização Cambial ...
  • 05-12-2018
RETROSPECTO TRIBUTÁRIO AY
  26/11/2018 a 30/11/2018   Receita Federal pretende fiscalizar operações com moedas virtuais A Receita Federal pretende criar, ainda este ano, um meio para fiscalizar as operações com criptomoedas. Após fazer diligências nas corretoras que a...
  • 29-11-2018
Como proceder em caso de insegurança jurídica como visto na Solução de Consulta Cosit Nº 13?
  Hoje vamos abordar no blog da AY um assunto que tem levantado muitas discussões no âmbito jurídico, empresarial e contábil. Em 23 de outubro de 2018, foi publicada a Solução de Consulta Cosit Nº 13, que visou esclarecer dúvidas geradas pel...